sábado, 6 de março de 2010

Cuscuz de Alho com Amêndoa Dourada

Este prato originário da “terra do sol poente”, numa perspectiva árabe, lá pelo século XIII, é um bom aliado de carnes ou peixes gordos, que permitem que a sêmola de cereais adquira um tempero mais apurado. Costeletas de borrego e salmão são as minhas apostas para este cuzcuz.CIMG5593

 

Ingredientes para 2 pessoas

2/3 de chávena de cuscuz

1 chávena de caldo de legumes (água quente com um caldo de legumes)

2 dentes de alho picados

1/2 colher de sopa de azeite

1 chávena de amêndoa laminada, ligeiramente tostada

1/2 chávena de arandos (cranberries) ou pêssegos secos

2 colheres de sopa de manteiga

 

Preparação

- Para dourar a amêndoa, colocá-la, numa frigideira pequena, em lume médio. Ir salteando por 3 minutos. Reservar.

- Num pequeno tacho, colocar o cuscuz e adicionar o caldo quente. Deixar 2 a 3 minutos.

- Numa frigideira pequena, dourar, em lume brando, os alho com o azeite, durante 1 minuto.

- Juntar a amêndoa, os arandos e mexer.

- Voltando ao tacho do cuscuz, juntar a manteiga e ir aquecendo, em lume brando, de modo a separar os grãos, com a ajuda de um garfo.

- Adicionar a mistura da amêndoa e envolver.

Sem comentários:

Enviar um comentário