sábado, 24 de outubro de 2009

Iscas de bacalhau (à tripeira)

Desde que me mudei para Lisboa, constatei que algumas palavras são diferentes. Hoje destaco o termo “isca”! Enquanto que no norte se usa esta palavra para indicar uma “fritura feita com tiras de bacalhau envolvidas em polme”, por estas bandas usa-se a palavra “pataniscas”, uma vez que as iscas são as de fígado. Problemas terminológicos à parte, deixo aqui uma receita cuja massa fica crocante por fora e cremosa por dentro.

   

Ingredientes para 2 pessoasCIMG4709

2 chávenas de farinha de trigo

1 + 1/2 chávena de água

1/2 chávena de cebola picada

1/3 chávena de salsa

1 colher de chá de sal grosso

1 boa pitada de pimenta

200 g. de lascas de bacalhau ou paloco (demolhado durante 2 dias)

   

Preparação

- Numa frigideira grande, aquecer o óleo;

- Numa taça, juntar todos os ingredientes (à excepção do bacalhau) e misturar até obter um polme;

- Provar um pouco da massa para rectificar o tempero;

- Quando o óleo estiver bem quente, verter massa equivalente a 3 colheres de sopa (por isca). Repetir 1 a 2 vezes, dependendo do tamanho da frigideira. É necessário ter atenção para evitar que a temperatura do óleo desça excessivamente;

- Colocar lascas de bacalhau por cima de cada círculo de massa; Passados 3 minutos, dobrar a massa (como se fosse um lenço) e ir virando até ficar dourada.

- Retirar e colocar em papel absorvente.

- Repetir a operação.

P.S.- Servir com arroz de feijão vermelho (encarnado).



2 comentários:

  1. :)
    Pois sendo eu uma 'Ribatejana de gema', sempre utilizei essa designação: 'pataniscas de bacalhau'(exactamente pela diferença que existe quando falamos em 'iscas de fígado').
    Eu, pessoalmente, junto o bacalhau ao polme, e aquando da prepqaração do polme, junto um pouco da água onde cozi o bacalhau, que lhe dá um sabor super bom!
    Pessoalmente, prefiro a salsa aos coentros para as pataniscas.

    Acompanhar com um arrozinho de tomate malandrinho, também fica delicioso ;)

    Beijinhos e bom trabalho!

    ResponderEliminar
  2. Num dia destes almocei "Pataniscas de bacalhau" confesso que quando vi patanisca na ementa não estava a ver o que era... "São iscas!" disse-me a menina. "Ah! Iscas de bacalhau já sei o que são!".

    Por aqui as iscas são sempre "iscas de...." iscas de bacalhau, iscas de figado, iscas de sardinha. Se disseres apenas "iscas" levas com um "iscas de quê?"

    Sim, deste que tenha molho, de tomate, de feijão vermelho ou de feijão branco fica bom.

    E agora, o que foste tu fazer, deixaste-me com desejos!

    ResponderEliminar